Seja quem você escolheu se tornar

Por vezes, a vida nos pede atitudes maduras diante de fatos, de acontecimentos, onde você mesmo identificar que não têm nenhum preparo para lidar com situações que simplesmente, lhes tira chão. E aí vale aquela célebre frase ” ninguém pode mudar o passado, mas pode ressignificar o que machucou, o que feriu”, basicamente é isto. Só que o caminho rumo à autoestima, a confiança, você não adquire facilmente. Isso não acontece de uma hora pra outra. Tudo em nós, requer preparo. É preciso tempo para digerir alguns acontecimentos. Sinto que a maior dificuldade das pessoas não saber interpretar aquilo que acontece com elas. Muitas diante de uma situação crítica, têm uma reação adversa, ou seja, faz com que aquele problema venha se tornar ainda maior do que é. Há questões por exemplo, onde a vida te pede para [ re]começar do zero.

[…]

Do zero, você só consegue se firmar se der um passo ainda maior do que todos aqueles que já deu. se tiver discernimento para entender e maturidade para acatar, não aceitar, certamente, você consegue. E mais, como uma forma de alívio, oferece perdão a si mesmo, por ter suportado uma pressão gigantesca pelo que você não fez. E aí, nessa hora, se começa trabalhar o lado emocional de forma madura e com muito mais responsabilidade, do que antes. Eu digo que o autoconhecimento é fundamental nessas horas, porque ele nos permite trabalhar o valor de tudo o que queremos a partir de um conjunto de emoções. Nada comparado com as informações que você aprendeu quando criança. Quem nunca levou dias para entender alguma coisa? Todos. Só que na infância por exemplo, você não têm estrutura para lidar com problema nenhum. E na fase adulta, a gente descobre que os problemas incomodam, mas já temos conhecimento para lidar com eles.

Desconstruir a si mesmo.

” Até aqui, eu deixei o bastante de mim” [ Marii Freire] Mas resolvi juntar o que sobrou do que eu era. “Não sou o que aconteceu comigo. Serei aquilo que escolhi me tornar”. Diante dessa afirmativa, eu começo a preparação do próximo tópico da minha vida. Como vou trabalhar tudo isso? Trabalho com base nessas informações. É importante deixar as desculpas de lado, e pouco à pouco, conseguindo ir se afirmando na pessoa que escolhe se tornar.

É fácil? Não. É desafiador. Para isso, devo ter autoconhecimento para arrumar as coisas que preciso dentro de mim. Leva tempo, mas é preciso acreditar que tudo na vida tem um jeito. A gente deixa o que dói, e passa a preparar ‘o nosso eu’ para os nossos desafios, como disse, com autorresponsabilidade.

Essa reflexão, na verdade, ela serve para você criar crônicas sobre si mesma. Sobre como trabalhar a sua inteligência emocional, a sua autoestima, reconhecer as suas emoções. Exatamente, não é coisa pouca não. Toda pessoa tem capacidade de recomeçar.

Na vida, precisamos deixar as desculpas de lado, parar de ” lamber as feridas” e aprender afirmar de fato quem somos. Ou quem escolhemos nos tornar. Sim, independentemente da sua história, das suas dores, do final feliz que você não teve, porque em algum momento, o percurso da sua vida foi mudado, aceite o que é desafiador. Esse é o momento de ressignificar a pessoa que você é, assim como, quem escolheu se tornar.

Um beijo no coração!

Marii Freire Pereira

https:// pensamentos.me/ VEM comigo!

bornagraphique.tumblr.com

Santarém, Pá 15 de março de 2021

Publicado por VEM comigo!

Bacharela em direito, Pós graduada em Direito Penal e Processo Penal.

3 comentários em “Seja quem você escolheu se tornar

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: