Clarice Lispector

[…]

Perco a consciência, mas importa, encontro a maior serenidade na alucinação. É curioso como não sei dizer quem sou. Quer dizer, sei- o bem, mas posso dizer. Sobretudo tenho medo de dizer, porque no momento em que tento falar não só não exprimo o que sinto como o que sinto se transforma lentamente no que digo. Ou pelo menos o que me faz agir não é o que eu sinto mas o que digo.”

Clarice Lispector. TUDO É UM. Para amar Clarice. Como descobrir e apreciar os aspectos mais inovadores de sua obra/ Emília Amaral. 13ed. Faro Editorial. Barueri. São Paulo, 2017

Marii Freire Pereira

https://pensamentos.me/ VEM comigo!

Imagem: Pinterest. Clarice Lispector.br

Santarém, Pá 8 de março de 2021

Publicado por VEM comigo!

Bacharela em direito, Pós graduada em Direito Penal e Processo Penal.

Um comentário em “Clarice Lispector

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: