Chuva

Sabe o que a chuva significa para nós, nesse mundo, onde cada um tem a sua própria convicção, as suas definições acerca das próprias certezas, enfim, das suas verdades despidas… das mais delicadas, as mais sisudas?! ” Cá pra nós: a chuva é o carinho que pousa sobre a nossa retina “. Na alegria ou na tristeza, a chuva sempre é um acontecimento bom. Na realidade, ela interfere diretamente tanto no lado exterior quanto no lado interior. No exterior, faz com que as plantações de modo geral, plantas leguminosas ou não, fiquem mais bonitas, viçosas. Já no interior, é capaz de fazer – nos referenciar o carinho que temos pela vida, assim como, pelos bons acontecimentos, através de palavras generosas.

Mais do que um fenômeno natural, a chuva é algo gostoso, não só para se encolher, mas também para terminar os nossos sermões. Isto é, falar baixinho, aquilo que não dizemos em voz alta. Acredite, nessas horas é preciso sensibilidade com as palavras. Tenha domínio de suas próprias terras, do que planta nela […]. Do mesmo modo, também tenha cuidado com aquilo que só nasce por dentro.

Considere que o principal, nasce no escuro ( pensamentos), depois se sujeita ao seu próprio domínio, ou seja, a sua maneira de lidar com as suas dificuldades, demandas emocionais principalmente. Vence aquele que entendeu que as suas raízes são profundas, e a água sendo mesmo tão delicada, consegue penetrar num solo que não lhe oferece nenhuma cortesia, nenhum gesto de delicadeza.

Pense nisso!

Marii Freire Pereira

https://pensamentos.me/ VEM comigo!

Imagem: Pinterest. Greater Good

Santarém, Pá 2 de março de 2021

Publicado por VEM comigo!

Bacharela em direito, Pós graduada em Direito Penal e Processo Penal.

4 comentários em “Chuva

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: