Dependência Emocional

Até que ponto um relacionamento pode ser considerado saudável? E quais os indícios que mostram que esse relacionamento adquiriu um perfil doentio, onde a sua relação com outro, caminha para uma dependência emocional, Você saberia dizer?

Bem, toda e qualquer relação para ser considerada saudável, ela precisa ter equilíbrio. É preciso haver amor, carinho, respeito e reciprocidade. Na verdade, fala-se em troca de interesses. É preciso haver uma troca mútua para existir o equilíbrio que se deseja. Um detalhe importante é observar o comportamento do seu parceiro (a) e descobrir quais as respostas você consegue conviver de maneira harmônica.

A pessoa que escolhemos para namorar ou mesmo viver uma relação sólida, um casamento por exemplo, deve ser aquela que vem para somar, ou seja, agragar valor a tudo aquilo que você deposita em relação a ela. Só que a questão é saber se você escolheu a pessoa certa. Uma pessoa muito ciumenta, certamente vai exigir uma conduta mais séria de sua parte, porque a insegurança dela, pode levar a relação a ruína. Aliás, o casal em si, deve desenvolver técnicas para trabalhar junto toda as dificuldades. O maior erro da relação, é um dos parceiros amar mais do que o outro. Um se dedicar mais do que aquele parceiro que deveria contabilizar os 50% da relação. Quando isso acontece, logo se percebe o desequilíbrio.

Nas relações, o que leva a dependência?

A dependência, ela tem o lado bom e lado ruim. Em geral, o que se entende por ruim, dar-se pela exigência de algo. Quer dizer, falta um detalhe na relação que vem sendo negligenciado. Isso faz com que surjam as exigências. Pode ser falta de atenção, de responsabilidade afetiva, amor, respeito e uma série de coisas que precisam ser trabalhadas. Mas, basicamente é a cobrança por algo. Quando uma pessoa sente que se doa sozinha, ela passa a exigir ou querer controlar o que a outra pessoa faz ou deixa de fazer. Neste caso, a situação se mostra como na imagem. A pessoa quer ter o domínio sobre o outro. É como se ele ou ela, se sentisse proprietário, dono dos desejos e das vontades do parceiro. Aí, tem um outro ponto interessante, porque começa os joguinhos emocionais para tentar chamar a atenção da pessoa que tem se mostrado ausente na relação que é chantagens emocionais, a manipulação com o intuito de controlar a outra pessoa.

Qual é a desvantagem da dependência emocional.

Primeiro, vamos deixar claro o seguinte: Qualquer relação sendo boa ou não, ela sempre vai ter um pouquinho de dependência emocional. Isso é natural. As pessoas procuram construir histórias sólidas baseadas no amor, coisas como, carinho, afeto e respeito como foi dito. Agora, a desvantagem é que quem é dependente emocionalmente de um amor, essa pessoa perde o rumo da própria vida. Ela deixa se enxergar as coisas corretas para buscar justificativas em exageros. A maior parte das justificativas não tem consistência, porque todas são baseadas na emoção. A pessoa pode exagerar por ciúmes com medo de perder o outro. Ou as vezes, nem é ciúmes, mas algo que faz jus a toda uma situação de sofrimento. É bom deixar claro que, amor não deve doer. Se dói, você tem que avaliar direito de onde vem esse incômodo. Caso seja possível, manter essa relação, que você tem maturidade o suficiente para levá-la a diante, do contrário, não se esforce tanto.

A dependência emocional tem um lado positivo?

Sem dúvida. A pessoa que é capaz de mostrar empatia, de se colocar no lugar do outro, sempre vai ser alguém com uma qualidade superior. A dependência emocional, como disse, ela não é tão ruim. Assim como, em qualquer situação, há um lado bom. A pessoa que tem dependência emocional, ainda que ela fique numa situação de desvantagem dentro do relacionamento, certamente, vai saber se comportar quando houver um momento de estresse, digo ” depois ” que o vendaval passar. Uma coisa é certa, ela não vai deixar de gostar de você. Diferente da pessoa que é totalmente independente. Os psicopatas agem dessa forma. Eles nunca irão demonstrar qualquer sofrimento por sua dor. É por isso que a dependência emocional também tem o seu lado bom, porque ainda que ‘a coisa toda’ venha desandar, a pessoa em algum momento vai refletir sobre aquele comportamento, sobre aquele gesto que gerou uma situação desagradável.

A eficiência, o sucesso dos relacionamentos exigem uma condução enxuta, genuína por parte das pessoa que compromete conforme suas promessas. Como sempre escrevo: ” relacionamento é a dois”. De nada adianta juras de amor e carinho, se os gestos se alongam desse movimento de dizer: ” ah, meu amor…eu te amo”, e na maior parte do tempo você sempre se como se não tivesse ninguém. Atitudes encantadoras dizem muito sobre nós, sobre a nossa preocupação e mais, a segurança que se deseja passar ao outro. O equilíbrio persite na resposta. Se dou amor, recebo amor. Coisa pouca, sempre causa uma dependência. Quanto mais duas pessoas conseguirem interagir de maneira saudável, mais chances a relação terá de ser recíproca , verdadeira. Sentiu que a coisa não não caminha do jeito que você quer, uma conversa séria pode ajudar. Não transfira a sua vida, as suas expectativas, as respostas dos seus sonhos pra ninguém. Na verdade, não dependa do outro pra nada. Entenda uma coisa: quem chega na nossa vida, vem para agregar, nunca para confundir. Os relacionamentos devem ser sempre produtivos e felizes.

Marii Freire Pereira

https://pensamentos.me/ VEM comigo!

Imagem. casule.com

Santarém, Pá 25 de fevereiro de 2021

Publicado por VEM comigo!

Bacharela em direito, Pós graduada em Direito Penal e Processo Penal.

4 comentários em “Dependência Emocional

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: