Palavras Sinceras

Há mais valor naquilo que falamos de forma sincera, do que no silêncio que fazemos ao abdicar algo. As palavras sinceras, elas têm o poder de nos fazer tão bem, dignos, fortes dentro de nossas próprias certezas, que o mundo séria melhor se houvessem pessoas com mais atitudes sinceras.

A palavra sincera é tão suave quanto uma melodia que movimenta as nossas emoções. Pode criar um paraíso, um vilarejo de tantas descobertas íntimas, quanto um abraço que afaga. Mas não só, elas carregam paz. Diferente do que uma palavra cheia de bajulação nos causa. Às vezes você olha para um sorriso que é bonito, mas nele se esconder fagulhas de um esforço ilegítimo, de sentimentos que mais confundem do que nos encorajam. Se uma pessoa for sinceras com você, digo na sua forma de agir, acredite: ela te respeita. Mais, agradeça porque é raro encontrar pessoas generosas a esse ponto.

Palavras sinceras, às vezes tendem a nos endurecer, faz chorar mesmo, mas nos devolvem o chão. O efeito que elas têm em nossa mente anestesiam os sentidos. Se a gente chora, é por decepção, porque descobri uma realidade diferente da que se idealizou. Mas o nossos pensamentos ganham força após isso. Pessoa sinceras, e que falamos de forma aberta, têm o poder de criar o paraíso, a miséria, tudo aquilo é positivo e negativo diante de nós, de nossas expectativas e tudo o que o mundo oferece de forma gratuita.

A medida que amadurecendo e também aprendemos a nos sondar, vamos descobrindo muito da nossa realidade. Eu digo que a palavra dita da maneira correta no momento certo, ela nos disciplina. Exatamente, nos deixa menos iludidos diante da vida. Quer um exemplo? Quando perdemos o equilíbrio diante de certas situações, se fala palavra que machucam. Mas, no momento posterior, nos sentimos culpados, e dependendo da profundidade com que as palavras foram ditas, sentimos até pena da pessoa que recebeu aquela falta de paciência toda […]. Depois, digo quando você avalia o estrago, e se coloca no lugar do outro, procurar corrigir. A verdade é que , a vida é uma busca incansável por sentimentos perdidos. Se erramos, vamos corrigindo na medida do possível.

Há quem prefira chorar com os espinhos cravados, do que ter a iniciativa de ter uma atitude sensata. Procurar o outro para corrigir o erro, ser sincero. Afinal, é a respeito disso que estou falando aqui. Deixar de nutrir as súplicas do ego e usar de sinceridade diante de situações, onde você também tem parte nas suas próprias queixas.

É interessante quando o ser humano consegue fazer essa volta interna e olhar para o outro, tendo atitudes de nobreza, reconhecendo que se aprende mais quando somos sinceros do que quando calamos. Se as pessoas soubesse o quanto uma palavra sincera estreita caminhos, mas ‘sem resmungos’, viveríamos todos com menos queixas.

Marii Freire Pereira

https://pensamentos.me/ VEM comigo!

Imagem: Pinterest. Storm Informática

Santarém, Pá 21 de fevereiro de 2021

Publicado por VEM comigo!

Bacharela em direito, Pós graduada em Direito Penal e Processo Penal.

6 comentários em “Palavras Sinceras

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: