Mar de imaginação

É uma dádiva olhar para a vida e ela te olhar de volta com olhos nus. E você com a serenidade que deslumbra por dentro, receber com um riso o prazer que ela pode lhe dar.

Um segredo do sucesso dos homens, pelos menos, um que considero importante é a sua maneira de ouvir, é a audição. Tem quem saiba ouvir o silêncio e interpretar as suas necessidades. O silêncio nos afirma tanta coisa, às vezes até aquela explicação preciosíssima que gostaríamos de receber com cuidado. Silêncio é crédito que ganhamos sem muito forçar.

Há quem não goste do barulho ensurdecedor que o silêncio. Tem pessoas por exemplo, que fazem de tudo para quebrar a frieza desse momento. Para isso, se vive só, elas ligam a televisão, ou procura ouvir uma música para passar o tempo. Também existem aqueles que gostam desse silêncio profundo, da sensação estática, de querer buscar o que acalma a alma. O silêncio serve para isso, para nos acalmar, desviar olhos, na verdade, a agitação que continua dentro da gente por conta de acontecimentos que só nos dizem respeito. O silêncio é uma sensação suprema que como disse antes, nos faz buscar a serenidade.

A vida vez ou outra nos diz ” Dê cá!…” Você acha que pode fugir disso? Não pode. Ela sorrir pra você, sorrir ao contrário, te chama, pede a sua atenção, você na tentativa de ” enrolar” pode até disfarçar, e ela novamente diz : dê cá…

Vem! ‘Não tente ilude a minha vontade’. Quer afirmação mais direta? Às vezes funciona escapar de um castigo aqui, outro ali, mas no final, a danada vence! Acredite: não tira os olhos de nós. Então na tentativa de sair do alvoroço, nos acalmamos para aprender a sua lição. Éh!, infelizmente, se aprende assim, nessa nossa maneira particular de espiá-la. Sensação esquisita, mas todas as vezes que somos desonestos com ela, temos a impressão de nos tornarmos criança novamente. Você me pergunta por que? Porque do castigo, a gente não escapar. Você questiona até com Deus, mas vai ter que aprender a lição. Interessante isso, não?

De repente, a gente olha para o lado, olha em volta, essa que é a verdade, procurando encontrar com os olhos uma saída para de toda nossa indignação, e nos pegamos relendo esse amontoado de palavras […], e olhando para um mar de imaginação, tentando resgatar quem somos. Impacientes, sorrimos desejamos que tudo seja o contrário, mas como o silêncio é o nosso grande companheiro, a gente se mostra vagaroso, lendo a pessoa que somo, tirando os trunfos e os ressentimentos, ainda somos seres esperançosos de bons acontecimentos.

Marii Freire Pereira

https://pensamentos.me/ VEM comigo!

Imagem: mauro-roberto/ Instagram

Santarém, Pá 14 de fevereiro de 2021

Publicado por VEM comigo!

Bacharela em direito, Pós graduada em Direito Penal e Processo Penal.

4 comentários em “Mar de imaginação

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: