VEM comigo!

A vida, a dor, o desespero por vezes nos levam a fazer escolhas baseadas no cancro da indiferença.

Na Selva, um bicho escolhe matar o outro porque ele entende que precisa sobreviver. É a lei do mais forte na pirâmide alimentar? Não deixa de ser. Que ironia! mas tem sempre alguém que precisa justamente [mais] que você.

Dois cães podem brigar por um osso. Duas pessoas por conta de interesse diferentes podem entrar em conflitos e levar a outra a dor. Até no cinismo, dizemos quem somos. Os nossos comportamentos, dependendo do interesse podem nos levar a ter uma atitude exagerada em relação ao outro. Os homens valem por seus modos e suas diferenças. Diferenças essas que não permitem ao outro, o direito de recompensa. Não, menos amarga[…] Somos quem somos, e pouco temos da diferença dos bichos.

A hipocrisia, a maldade, a dissimulação funciona como disfarce, uma válvula de escape para ocultar os seus interesses particulares. Todavia, o resultado sempre é o mesmo: angústia e dor. Iludir alguém é uma grande hipocrisia. Conseguir o que precisa com disfarces, não é uma atitude honesta.

[…]

Desnundemos a nossa essência!. Não se fie na felicidade que você engana uma pessoa para obtê-la, porque uma hora, você saberá o que é ter um único osso para disputar.

Marii Freire Pereira

https://pensamentos.me/ VEM comigo!

Imagem: disputa de osso. Candido Portinari/ artsandculture.google.com ( Google arts & culture)

Santarém, Pá 13 de fevereiro de 2021

Publicado por VEM comigo!

Bacharela em direito, Pós graduada em Direito Penal e Processo Penal.

%d blogueiros gostam disto: