Martha Madeiros

” Provavelmente só se separam os que levam a infecção do outro até aos limites da autenticidade, os que têm coragem de se olhar nos olhos e descobrir que o amor de ontem merece mais do que o conforto dos hábitos e o conformismo da complementaridade “.

Martha Madeiros. A separação como um ato de amor. O Meu Melhor: 100 crônicas de sucesso + 4 ineditas/ Martha Madeiros. Planeta do Brasil. São Paulo, 2019

Marii Freire Pereira

https://pensamentos.me/ VEM comigo!

Imagem: google. Claudia.abril.com.br

Santarém, Pá 26 de janeiro de 2021

Publicado por VEM comigo!

Bacharela em direito, Pós- graduada em Direito Penal e Processo Penal.

%d blogueiros gostam disto: