Venceu o direito

” Senado Argentino aprova aborto legal e mulheres comemoram nas ruas de Buenos Aires” [ Brasil247.com]. O projeto de lei permite o acesso à interrupção voluntária da gravidez. Agora as gestantes têm o consentimento na forma escrita, ou seja, virou letra de lei. O acesso ao aborto legal é permitido até 14 semanas, tornando seguro e gratuito.

Esse tema do aborto é polêmico, porém, essa decisão me parece como a mais assertiva. Os países evoluídos caminham para isto, digo para essa realidade de não se tornar alheio, mas tratar do problema com o respeito que ele merece. Quando você leva em consideração por exemplo, o alto índice de mortes de mulheres em decorrência de abortos feitos em condições precárias, se avalia várias situações. Como disse, é um tema bastante delicado, porém necessário a discussão. Neste caso, o aborto acaba sendo uma escolha livre da mulher.

Marii Freire Pereira

https://pensamentos.me/ VEM comigo!

Imagem: Brasi247.com

Santarém, Pá 30 de dezembro de 2020

Publicado por VEM comigo!

Bacharela em direito, Pós graduada em Direito Penal e Processo Penal.

5 comentários em “Venceu o direito

    1. Eu compreendo a sua colocação, Miau. Infelizmente, temos que em algum momento tomar parte nesta questão. Essa é uma realidade que não pode ficar as cegas, seja no enfoque do direito penal ou no prisma do dos direitos fundamentais. A gente sabe por exemplo que, a negligência sobre esse assunto, só reforça aquilo que já conhecemos, que no caso, é fazer vista grossa ao que diz o princípio da dignidade humana.
      Existem situações onde a lei permite o aborto, e fora isso, de fato, não se caminha, nem busca solução para nada. E aí, você se pergunta ” ao agir assim, o Brasil estaria justificando o que?” Eu sei que muitos responderiam ” A vida”. Mas, eu responderia também ” menos hipocrisia, doutores! Porque avançar nessa temática é a melhor alternativa que cabe aos países civilizados, digo países com um pensamento evoluído. E se assim estaríamos caminhando lado a lado ao exemplo de Cuba, México e outros.

      Curtir

      1. Perfeito. Mesmo nos casos q a lei permite, o caminho p a mulher abortar não é fácil. As dificuldades começam na delegacia, ou talvez, antes de lá chegar. Lembrando tb q a pílula do dia seguinte não é 100% eficaz. Não é fácil ser mulher com tantas dificuldades impostas.
        Eu acho q deveria ser liberado. Isso não quer dizer q eu o faria, mas penso ser a decisão correta observando vários ângulos.

        Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: