O poder da palavra

Tome cuidado com os seus pensamentos, porque organizando, eles podem tomar formas, ou seja, viram palavras. Uma vez, esses pensamentos desnudos, ” ditos” podem machucar.

É interessante nos colocarmos no lugar do outro, antes de proferir qualquer palavra, porque ditas de qualquer jeito, elas se tornam irreversíveis, podendo assim causar um estrago no nosso emocional. Então, procure tomar cuidado com aquilo que diz, porque no ato de ” rotular” uma pessoa, seja filho, filha, ou mesmos desafetos, isso pode ser um desastre. E o estrago feito uma vez, não há como consertar. Você pode melhor o sentido do que disse, mas fazer com que as coisas possam ser como eram antes.

Pense quando tiver que abrir a boca, análise, antes de proferir as palavras, veja se o que fala não são palavras que expressa claramente, a intolerância, o ódio, a desavença, ou o desamor.

É fácil você abrir a boca e jogar o seu ” lixo” em cima de uma pessoa, de um ser humano, mas não sabe o tamanho da maldade, na verdade, a ‘ferida’ que esse ato de não pensar e falar de qualquer jeito pode causar em quem as recebe. Você não entende, nem nunca entenderá o tamanho da repulsa de uma filha ou ou filho por se sentir que não é amado.

Muitos conflitos na família começam por pequenos detalhes. Às vezes é uma palavra colocada no momento errado que faz com que essa filha ou mesmo o homem, ou seja o filho queira optar por pegar caminhos secundários na vida. Caminhos que para aquela pessoa serve como ‘válvula de escape ‘, por ele ou ela, não ter a capacidade de lidar com o peso do você diz.

É comum no momento de raiva, você falar que o seu filho coisas do tipo ” você não é quem você gostaria que fosse”. Ou lança palavras para a filha como ” você é uma inútil “. Não pode, porque isso fica martelando na mente da pessoa, causando uma espécie de ferida por dentro

[…]

Então, quando você perceber que também não vive um momento bom, procure não falar para não causar danos a quem você ama. Pense em qualquer coisa, menos em falar de qualquer maneira o que pensa.

” É fácil colocar as palavras todas para fora. Difícil é fazê-las voltar para dentro novamente “. Diria que é impossível.

O interessante é você procurar ter controle sobre aquilo que fala para não tornar uma situação ainda pior.

Cuidado com o que você fala. E principalmente, cuidado também com a forma de como você fala. Pense e procure ser mais atencioso com aquilo que vem da sua boca. Pelo amor, a gente chama as pessoas para perto de nós, e pela falta dele, costumamos afastar as pessoas que amamos também.

Tenha cuidado com as palavras, porque ditas do jeito certo, elas podem ser cativante.

Pense nisso!

Marii Freire Pereira

https:// pensamentos.me/ VEM comigo!

Imagem: google/ pensativo ‘( @R7A20 Twitter

Santarém, Pá 22 de dezembro de 2020

Publicado por VEM comigo!

Bacharela em direito, Pós graduada em Direito Penal e Processo Penal.

Um comentário em “O poder da palavra

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: