Gregorio de Matos

” Ardor em firme coração nascido!

Pranto por belos olhos derramado!

Incêndio em mares de água disfarçado!

Rio de neve em fogo convertido!

Tu, que em um peito abrasas escondido:

Tu, que em um rosto corres desatado,

Quando digo em cristais aprisionado,

Quando cristal em chamas derretido…”

Gregório de matos. ( In: Luiz Roncari. Literatura brasileira- Dos primeiros cronistas aos últimos românticos. 2. ed. São Paulo: Edusp, 1995. p. 129. Literatura brasileira: William Cereja e Thereza Cochar. Atual. São Paulo, 2013

Marii Freire Pereira

https://pensamentos.me/ VEM comigo!

Imagem: Pinterest. 500px.com / Quero voltar: Salvador da Bahia, Brasil.

Santarém, Pá 30 de novembro de 2020

Publicado por VEM comigo!

Bacharela em direito, Pós graduada em Direito Penal e Processo Penal.

%d blogueiros gostam disto: