Relacionamento não é posse. Você precisa ter consciência disso

Existem pessoas que ao começar se relacionar com alguem, querem saber tudo a respeito da vida da outra. Não é ruim até um certo ponto, você querer saber algumas coisas sobre a vida dela. Aqui, eu procuro chamar a atenção para coisas saudáveis. Não estou afirmando que você tem que procurar fazer uma varredura, nada disso. É preciso ter limites. Saber conduzir a relação para que ela futuramente não se torne doentia, é uma atitude sensata de qualquer casal.

Às vezes ao encontrarmos um parceiro ou uma parceria, nem sempre se precisa usar de tantos artifícios para obter algum tipo de informação. É até natural que, a maioria das vezes, ela chegue e queira esclarecer alguns pontos sobre a vida dela e, sobretudo, quem é. Ou mesmo o homem, ter uma atitude madura e procurar se posicionar de um jeito que não sobre brechas para dúvidas.

Os casais bem-sucedidos, são aqueles que têm atitudes verdadeira um para com o outro, principalmente em ciclo íntimo. Você nota que a pessoa sempre vai querer agregar valor. Ela irá sempre procurar ter gestos distintos, mas que passe segurança à medida em que essa relação vai amadurecendo.

Se para ter alguém com você, tem que ficar o tempo todo querendo ter controle sobre o que ela faz, coisas como checar de hora em hora as redes sociais dela, querer senhas, ter aplicativos rastreadores para saber aonde ela vai, isso não é amor. Mas, sim um sentimento de posse que você tem por ela. Na verdade, o que você quer é controlar todos os passos daquela pessoa, achando que ela vai ficar com você. Sinto muito em ter que informar, mas ao agir dessa forma, não há de se falar em amor, de relação e de respeito. E sim, de burlar toda a as vias saudáveis do que você imagina ser uma relação.

Os maiores erros de alguns casais, é querer ter o controle da vida um do outro. Essa é uma tática errada, porque excesso de vigilância compromete a saúde de qualquer relacionamento. E no momento em que a outra pessoa toma conhecimento ela fica cheia de coragem, inclusive para por fim na relação.

É importante ter em mente que, o fato de termos alguém ao lado, não significa que tenhamos alguma posse sobre ela. Ninguém abdica da própria vida em prol do outro . Ao menos, não quando se trata de relacionamento. Toda relação ela passa por uma linha tênue. E isso é um processo muito delicado. Para que possa existir, ser verdadeira, ela precisa passar por pela sua própria descoberta de valores. É no profundo que tudo se constrói. Mas, que fique claro, quando se nota um item fundamental, neste caso, quando há liberdade. Se pra ter, você tem que prender, só isso já perde o valor.

Uma coisa é você estabelecer limites em respeito a si e ao outro. Relacionamento com um nível superior, digamos com ‘uma sintonia boa’, é aquele que permite haver um equilíbrio entre o casal. Nunca disputa ou cobranças exageradas.

Se você vê no outro motivos para não confiar, permita-me perguntar: estão juntos por que? O que de bom, vocês aproveitam na companhia um do outro? Os momentos juntos não para namorar, falar sobre coisas boas ou ficar tentando insinuar que não existe pontos positivos nessa relação? Ah, mas pensar dessa forma é ingênuo, pois muitos casais vivem um ato rotineiro, sem impor limites e no final, os ” quatros são felizes”. Nada disso, se você sabe, ‘tem certeza que alguém além de você ‘ por que? Continuar na relação? Por medo de ficar só? É por isso que se agarra a qualquer coisa, inclusive a quem te machuca? Entenda, relacionamento é a dois. Não se faz relacionamento de uma pessoa. Você precisa enfrentar essa realidade, compreender isso. Se conta pra você o fato de ter alguém, mas viver infeliz, procure viver só. E talvez, lá na frente sim, você possa encontrar alguém que te valorize, respeite pelo o que é. Não queira viver uma relação, onde o outro fica controlando o tempo inteiro a forma de como você deve agir. Nao deixe que ninguém diga o que tem que fazer. Se alguém te ama de verdade, no máximo, essa pessoa vai querer compartilhar as coisas com você, sejam elas boas e ruins. Você não precisa fazer esforço para isso, porque virá de forma gratuita para você.

Relacionamento é fonte de prazer. Claro, quevtodos os casais têm os seus problemas, mas não que seja doentio, controlador, ou queira moldar o seus atos. Amor é soma, reciprocidade. Quem nos ama, vai querer se fazer presente, vai quer esclarecer qualquer dúvida, até para provar que aquilo tudo não passa de fantasia. A primeira característica do amor é segurança e não controle. Estabelecer um relacionamento com método que você sabe que não é saudável, é construir “castelo ao vento”. Melhor é permitir esse gesto de respeito, digo de ter um bom diálogo, ser amigos para somar as horas de prazer. Se o sentido é contrário, tenha a humildade de reconhecer que você não vai se enganar por muito tempo, até porque quando duas pessoas vivem sob essa condição tudo está errado. A felicidade é um sentimento que nos envolve, mas nos faz antes de tudo, ser melhor do que somos. Amor nos aprimora. Se o que você vive só traz aflições e incertezas, você anda na via contrária ao amor.

A nossa história de vida tem muitos capítulos, vários deles ” perdidos “. Eu sei que é difícil recomeçar. Mas, tenha coragem de escrever um novo começo, se achar necessário, não exite. Escreva! E dessa vez, sem prejuízos.

Marii Freire Pereira

https://pensamentos.me/ VEM comigo!

Imagem: Pinterest. iamjbreton

Santarém, Pá 26 de outubro de 2020

Publicado por VEM comigo!

Bacharel em direito, cursando Pós-graduação em Direito Penal e Processo Penal.

2 comentários em “Relacionamento não é posse. Você precisa ter consciência disso

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: