Leonard Cohen

A luz veio através da janela

Direto do sol acima

Então dentro dentro de meu pequeno quarto

Raios de amor mergulharam

Nos fluxos de luz claramente vi

A poeira que raramente você vê

Fora do que um ” sem nome” faz

Um nome para alguém como eu

Tentarei dizer um pouco mais:

O amor iluminou e iluminou

Até que alcançou uma porta aberta

Então o amor próprio

O amor próprio se foi

Todos ocupados na luz do sol

As manchas flutuantes e dançavam

Eu estava em queda com eles

Em uma circunstância sem forma

Tentarei dizer um pouco mais:

O amor iluminou e iluminou

Até que alcançou uma porta aberta

Então o amor próprio

O amor próprio se foi

Então, voltei para onde eu estava

Meu quarto, parecia o mesmo

Mas não havia mais nada entre

O ” sem nome” e o Nome

Todos ocupados na luz do sol

As manchas flutuavam e dançavam

Eu estava em queda com eles

Em uma circunstâncias sem forma

Tenteivdizer um pouco mais:

O amor iluminoue iluminou

Até que alcançou uma porta

Então o amor próprio

O amor próprio se foi

O amor próprio se foi

Leonard Cohen. Amor próprio

Composição: Leonard Cohen/ Sharon Robinson

m.letras.mus.br

Marii Freire Pereira

https://pensamentos.me/ VEM comigo!

Imagem: Pinterest. ELLE France

Santarém, Pá 8 de outubro de 2020

Publicado por VEM comigo!

Bacharel em direito, cursando Pós-graduação em Direito Penal e Processo Penal.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: