Cecília Meireles

” Meu corpo sonhava com a areia, com a areia,

desprendi-me do mundo domar!

Mas o vento deu na areia.

A areia é de desmanchar.

Morro por seguir meu sonho,

Longe do reino do mar!”

Cecília Meireles. Pequena canção da onda. ( Obra poética. Rio de Janeiro: Nova Aguilar, 1987. p. 145) – Literatura brasileira: William Cereja e Thereza Cochar. São Paulo, 2013

Marii Freire Pereira

https://pensamentos.me/ VEM comigo!

Imagem: Pinterest. Fine Art América.

Santarém, Pá 19 de setembro de 2020

Publicado por VEM comigo!

Bacharel em direito, cursando Pós-graduação em Direito Penal e Processo Penal.

4 comentários em “Cecília Meireles

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: