Bibliotecas

Conhecidas como verdadeiras fontes de inspiração, às bibliotecas nos fazem construir um mundo de ideais. Por que resolvi colocar uma comparação desse tipo? É porque esses espaços funcionam como terrenos fecundos, onde mora a sabedoria, os pensamentos de uma sociedade.

O homem, a história melhoram muito quando reconhecem a importância da educação. Na verdade, o que norteia a sociedade é o conhecimento. Quando este, é controlado, escasso em sua forma de ser, a sociedade adoece justamente pelo fato de seu povo ficar vulnerável a situações em que muitos líderes, por exemplo – se comprometem a defender o ideal de uma sociedade e, usar esse fator da ‘ falta de conhecimento ‘, como barganha, para distrair e controlar as pessoas. São notórias as técnicas que usam defender os seus interesses.

[…]

Manipulam as pessoas com a arte da fala ( estratégia de sobrevivência), ou seja, estimulam suas mentes para que? Para controlá-las. Reproduzem debates intencionais para fazer com que essas pessoas acreditem em suas promessas, e aí sim, diante daqueles que não sabem se defender ( desenvolver os seus filtros de proteção), sensibilizam o ser humano com muita facilidade. Essa grave falta de não saber pensar, avaliar adequadamente os fatos, a história, tem contribuído generosamente com a nossa ruína.

É importante oferecer o mínimo de educação para que a sociedade, não tenha de forma tão intensa, vamos dizer assim, esse ‘déficit de memória’. Quando isso ocorre numa sociedade, vemos a dificuldade de pensar de alguns indivíduos.

Grande parte dos problemas que temos na sociedade vem justamente dessa maneira de agir, de não ter um comprometimento social, e de não saber pensar no futuro. O próprio Piaget, fala muito da questão de humanizar o produto do conhecimento, porque só é através dele é que o mundo de modo geral, poderá pensar com arte, com qualidade…com êxito.

Às bibliotecas públicas ou particulares, elas são de suma importância para a sociedade, porque como disse , é nelas que mora a sabedoria. Ler nos torna mais conscientes. O que pode parecer complicado, para quem tem conhecimento é algo que está ao seu alcance, ou seja, a pessoa que tem conhecimento, ela vai saber interpretar qualquer problema porque tem habilidades intelectuais para desenvolver tanto a resposta tanto emocional, bem como, a social.

A História vive disso, digo, de respostas para os seus conflitos. São os pensadores que vão povoado as lacunas que existem na sociedade. Os textos nos mostram a razão de suas preocupações. Todavia, esse papel não cabe só aos pensadores, mas também a sociedade que tem que saber interagir.

“O conhecimento é algo necessário para quem procura informação, mas também para aqueles que são inconformados com o sistema e o silêncio de muitos.” Marii Freire.

Marii Freire Pereira

https://pensamentos.me/ VEM comigo!

Imagem: Trinity College Dublin, Irlanda

Santarém, 9 de setembro de 2020

Publicado por VEM comigo!

Bacharel em direito, cursando Pós-graduação em Direito Penal e Processo Penal.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: