Saudade

” Toda saudade nos faz voltar ao presente. Se é um mal ou vício, não sei. Mas é gostosa e inocente.”

Nós seres humanos, só aprendemos lidar com a saudade, quando morremos por dentro, quando não avançamos em qualidade de vida, quando falta-nos comunicação. Aí sim, buscamos refúgio nos nossos “cemitérios de palavras “. Vale ressaltar que, é preciso ter cuidado consigo, e com aqueles que estão próximos de nós. Saudade nem sempre é ausência. Às vezes, saudade é falta.

[…]

A saudade nem sempre é de quem se faz ausente. Às vezes, é de quem que é livre ao seu lado, porém, sente os efeitos do abandono. A máxima que existe em relação a saudade é ‘se existe abandono, a liberdade não faz sentido’. Existindo essa condição, a saudade é companhia amarga.

“Saudade, circunstâncias, possibilidades impossíveis. “

Marii Freire

Há pessoas que adoecem, morrem na agonia, na falta de satisfação da necessidade…do afeto, talvez!..

Não há saudade que perdure para sempre. A não ser, quando a morte é um acontecimento que leva consigo os sonhos. Mas, quando se trata de perspectiva, o que morre é a nossa falta de atitude

Um gesto, pode sempre direcionar-nos a novos horizontes. E por fim, saudade é sinônimo de esperança.

“Toda saudade é doce quando nos leva ao encontro de nós mesmos “.

Marii Freire Pereira

https://pensamentos.me/ VEM comigo!

Imagem: Pinterest. plus.google.com

Santarém, Pá 30 de agosto de 2020

Publicado por VEM comigo!

Bacharel em direito, cursando Pós-graduação em Direito Penal e Processo Penal.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: