Demônios da garoa

” De tanto levar

Flechadas do teu olhar

Meu peito até

Parece sabe o que?

Tábua de tiro ao Álvaro

Não tem mais onde furar

Não tem mais…”

Demônios da garoa. Tiro ao Álvaro.

Compositores: Barbosa Adoniram/ Moles Oswaldo

Fonte: Musixmatch

Marii Freire Pereira

https://pensamentos.me/ VEM comigo!

Imagem: Pinterest. Catraca livre

Santarém, Pá 17 de agosto de 2020

Publicado por VEM comigo!

Bacharel em direito, cursando Pós-graduação em Direito Penal e Processo Penal.

2 comentários em “Demônios da garoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: