Busca

O que faz a vida ter sentido? O que justifica por exemplo, a minha e a sua busca por algo que às vezes, nem sabemos como denominar? Será que existe um propósito maior a nossa volta e que portanto, faz com que nós, acabemos buscando refúgio naquilo que já conhecemos de nós mesmos? Ou seja, nossas idéias, situações vividas, Sim, porque são elas que nos trazem segurança, e nos lança em busca de novos ‘propósitos ‘.

O Viktor Frankl, um ( neuropsiquiatra), disee que sim, o ser humano precisa ter um propósito maior para viver. E que tudo na vida de uma pessoa, é movido com base nesse propósito. Veja, vou acrescentar um exemplo pra você. Eu sempre ( apesar de), todas as dificuldades que enfrentei, tinha um propósito, queria estudar e ser “advogada”. E aí, me formei. Todavia, me apaixonei por escrever, que é o que estou fazendo. Você entendeu? Qual é o seu propósito? Como você tem se dedicado no dia a dia, para abraçar as oportunidades que a vida tem te dado? Como já coloquei em outros textos, a sorte é madrasta. Ela pode até acariciar as suas idéias, porém o direito, bem como, valor de investir nelas deve vir de você. Ah, detalhe: esse ” acariciar”, não significa que ela te trate com carinho, no máximo, ela fica servindo de alerta, chamando a atenção para o que você precisa insistir. Mas, o cuidado para lapidar essa tua ‘ sorte’, …precisa de dedicação total, vida de você. Fascinante, não?

A vida por si só, não se torna fascinante. O fascínio vem das condições que nascem a partir das nossas dificuldades. Quem dera que fossemos sempre pessoas afortunadas de todo tipo de sorte. Se assim fosse, dormiriamos tranqüilos por saber que no dia seguinte, as nossas reservas de coisas boas, estariam lá convidativas, nos dizendo: ” levá- nos!”. E não, não é assim. Quem tem êxito em alguma coisa, é porque investiu, ou porque dentre outras exigências, priorizou o que considerava importante. Quem age dessa maneira, é sempre uma pessoa que sabe dirigir a vida sem se esconder em meio aos escombros de desculpas. São pessoas que simplesmente, sabe como encarar os obstáculos. Digamos o seguinte, não satisfeito, o ser humano, a pessoa em si, torna-se flexível em algum momento da vida e sabe o que é preciso fazer para atingir os seus objetivos.

É interessante observar a vida por esse lado, porque aí, você irá concordar comigo ou não, na idéia de que a nada nos vem fácil ou vai ser uma dessas pessoas que vive idealizado algo, mas não investe numa maneira de conseguir aquilo que objeto de sua inspiração.

Eu insisto em dizer que sem esforço você não conseguirá ir muito longe. É até possível que sinta a brisa refrescante da esperança, mas a chuva que é símbolo maior da fecundação, certamente, não. Até porque os nossos sonhos não sobrevivem a um mundo desértico.

Todos nós temos o mundo a nossa volta, e diante deles, infinitas possibilidades. Não pense que nada acontece por ação divina. Claro, pode acontecer, quando esgotarem todas as suas forças. Mas, na maioria das vezes, você irá conseguir quando for capaz de pensar concreto e souber aproveitar as oportunidades. Se no meio das inúmeras distrações, você for negligência com uma, uma só, terá que entrar em consenso consigo mesmo, e enfrentar o que encontrar pela frente.

O que você fez de produtivo hoje? Vamos lá, abraçar oportunidades.

Boa sorte!

Marii Freire Pereira

Imagem: Pinterest. The Atlantic

Santarém, Pará 14 de agosto de 2020

Publicado por VEM comigo!

Bacharel em direito, cursando Pós-graduação em Direito Penal e Processo Penal.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: