Machado de Assis

Dom Casmurro é uma obra polêmica, mas que serve para denunciar o adultério. No caso, ele tinha que vir trazer a consciência desse que era considerado crime, através de um ( personagem principal) FEMININO. Que deu-se com Capitu. A argumentação é extremamente forte nesse livro. E por ter uma tendência realista, ele chama a atenção do público para aquilo que deseja denunciar. Em Dom Casmurro, fala-se da infidelidade conjugal de maneira negativa porque dentre outras coisas, ele colocou uma mulher no epicentro da história. Claro, havia a distinção entre adultério masculino e feminino. Mas, a sensibilidade fica a cargo do público. A pergunta que faço é: Haveria ou não punição para Capitu? Ainda hoje essa ‘mentalidade pequena’ em condená- lá existe. E quanto ao homem? O que argumentar?

Quando Machado escreveu essa obra, a intenção dele não era incriminar ou inocentar Capitu, mas a de fazê- la ser notada numa sociedade tida como machista. Se você notar, nenhuma manifestação a esse respeito ganharia o peso, a e visibilidade que ganhou se o ( suposto) adultério não tivesse partido de uma mulher. Machado só estimulou a imaginação de seus leitores.

A obraé maravilhosa, vale a pena conferir!

Marii Freire Pereira

Imagem: arquivo pessoal

Santarém, Pá 13 de agosto de 2020

Publicado por VEM comigo!

Bacharel em direito, cursando Pós-graduação em Direito Penal e Processo Penal.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: