Qual é o segredo que existe por trás do sorriso das pessoas que são felizes?

Para responder essa pergunta, eu preciso te fazer outra: A felicidade é algo que te amedronta? Se a resposta for sim, então diria que ela tem um alto custo. Agora, se a resposta for não, eu diria ” aproveite as oportunidades “. A vida ganha um significado maior, quando você enxerga nas pequenas oportunidades, verdadeiros motivos para ser feliz.”

Marii Freire.

A maior necessidade do ser humano é ” ser feliz”. É uma das maiores dificuldades é justamente, descobrir os caminhos que o leva a enxerga aquilo que é valioso. O que muitas vezes, custa caro descobrir. Eu diria que é natural até por conta do peso dessa necessidade, que nos colocam a todo momento, se desprezar, algo importante, pessoas, oportunidade importantes em nossas vidas para lograr êxito nessa escolha que se faz.

O conceito de Sociedade moderna, ele acaba trabalhando, quase que ‘impondo’ uma carga pesada ao ser humano. É como se fosse um fardo essa coisa da perfeição que nos obriga encontrar a felicidade a qualquer custo. Querendo ou não, você nasce e é educado para ser uma pessoa perfeita, e dentre as suas escolhas, o resultado final delas devem conter a felicidade. Todavia, alcança esse estado de ‘ felicidade ‘ aquele que consegue viver melhor consigo mesmo. Em geral, pessoas maduras têm maiores chances de viver bem, do que pessoas mais novas. A maioria, consegue ter mais clareza a respeito da vida do que as mais novas. Estas, costumam se fechar, viver em isolamento. Essa é uma característica do jovem em si. Raramente, se percebe pessoas novas dialogando.

Os mais novos costumam ter a solidão que é um (processo para o amadurecimento) como companhia. Em geral, quando estes precisam dialogar, se calam. Às pessoas maduras não, elas têm uma certa experiência o que facilita muito esse processo.

Algumas coisas cooperam para esse entendimento a respeito de felicidade. A primeira delas é a de que, nos cerquemos de pessoas que torna o ambiente a nossa volta mais harmonioso. A idéia que prevalece em relação a isso, é a de que: ‘melhor aos olhos, excelente se torna ao coração’. Se existe algo que acaba contribuindo de forma positiva para que eu me sinta melhor, excelente. O importante, é ter perto de mim pessoas que eu possa confiar. Outra situação importante é ter autoestima, ser alguém que acredita em si mesmo, acredita nos sonhos, aceita as idéias que não pode transformar, mas não fala daquilo como fracasso, é muito bom porque não se prende a refeições, chora ou faz drama. Quando mais verdadeiro uma pessoa se torna, mais ela tende deixar de lado os seus excessos.

A sociedade tem muito essa coisa de exaltar a felicidade, e sabe-se que às vezes, esse conceito é meio fantasioso, porque em meio às perdas, muita gente não alcança êxito nessa busca. Todavia, elas não se deixam abater pela idéia de fracasso. Digamos que, essas pessoas verdadeiramente, não se deixam intimidar perante a vida por conta de escolhas que as fizeram desistir em algum momento de uma situação, algo valoroso. Não, simplesmente, elas aprenderam a se reconciliar com o insucesso de forma sadia. São fortes, não submissas, portanto, não abandonaram o ser humano que são.

Essa forma de gostar de si, de aceitar aquilo que é visto com naturalidade, faz com que elas não supervalorize o supérfluo. Mas busque a simplicidade das coisas, que é onde mora a felicidade.

Às vezes, é natural observar pessoas felizes, sem motivos. E talvez, pelo fato de não compreender tal razão, digo ‘os mecanismos que contribuem para que elas pareçam felizes ‘, surge a seguinte pergunta: ” qual é o segredo da felicidade? Por que algumas pessoas são felizes e outras não? Não existe segredo? Não. O que existe é esforço e disciplina. A gente não alcançar nenhum lugar dentro de nós que nos traga paz, amor e a sensação de felicidade [ se] antes, não trabalharmos isso internamente. O nosso maior desafio é justamente, saber lidar com os nossos conflitos internos, nossos dramas. Depois que se aprende ali no limite, a não viver controlado pelos problemas, passamos a compreender melhor a vida e todo o significado que ela tem para nós. Isso sim, é maior até que o próprio conceito a respeito de felicidade.

Mire nas oportunidades, abrace com generosidade tudo o que a vida lhe proporciona. A felicidade nasce a partir de pequenos momentos…preciosos.

Marii Freire Pereira

https://pensamentos.me/ VEM comigo!

Imagem: Pinterest. Laura Silveira

Santarém, Pá 8 de agosto de 2020

Publicado por VEM comigo!

Bacharel em direito, cursando Pós-graduação em Direito Penal e Processo Penal.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: