VEM comigo!

Um poeta é um ser que busca conciliar-se com tudo a sua volta,

Esperança,

Gemido,

Valentia e humildade.

Um poeta esculta vozes surdas,

Considera o canto de dentro pra fora.

Considera a vida, e também a sua miudez,

Seus designos vagarosos.

Um poeta é um cavalheiro por ofício,

Sofre como se morresse num instante.

Mas, sobrevive as suas vagas ilusões.

Um poeta não guarda remorso pelos seus crimes,

A desgraça está nas idéias

Essas, são verdadeiros agravos

Injúrias..

A imaginação ao cair da noite

Esconde coisas inconfessáveis.

Um poeta pondera…sempre!

Num instante,

Ele recomeça,

Anda em silêncio,

Range os dentes,

Olha fixo para um lugar no chão,

É estranho, mas no peito de um poeta não mora despedidas,

Mas o aconchego misterioso da sorte viajante …

De pequenos instantes, ele constrói elos de perfeição.

Um poeta não seria um poeta, se num vago delírio

Não considerasse os vultos, as vozes que resmunga coisas pequenas ,

Fazendo-lhe ressignificar …a vida.

Marii Freire Pereira

Imagem: Pinterest. Milou Smit/pinexpert em online-ondernermer.

Santarém, Pá 3 de agosto de 2020

Publicado por VEM comigo!

Bacharel em direito, cursando Pós-graduação em Direito Penal e Processo Penal.

2 comentários em “VEM comigo!

    1. Bruno, hoje ouvir uma pessoa dizendo que depois de um certo tempo, você aprende a se reconciliar com a vida. Simplesmente, deixamos de valorizar superficial para olhar o que realmente importa ( …)

      Um abraço fraternal!

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: