Livros

Quem nunca dormiu sobre eles, livros? Muitos de nós, certamente. Às vezes, você pega um livro, começa achar algumas páginas interessantes, e ao prestar atenção já ” degustou” metade daquela leitura.

Certa vez, peguei alguns livros, geralmente costumo levar uns três comigo para ler, porque leio parte de um e quando não acho a leitura interessante, pego outro. Enquanto lia, percebi que o ambiente estava ficando calmo, ventinho agradável, silêncio, etc. Pronto, ali estava eu ” bocejando”. Levantei, lavei o rosto, voltei a leitura novamente. Li uns três parágrafos, e aquilo foi ficando embaçado que simplesmente apaguei.

[…]

Como é comum dizer, precisamos de 12 horas de sono para repor a energia, confesso que estava em déficit com algumas. No entanto, acordei no dia seguinte entre os livros.

Quem acorda cedo tem um problema seríssimo com o sono, porque além do cansaço, o corpo respeita o seu próprio ritmo. Todavia, o fato do sono neste caso, não acontece exatamente pelo cansaço, é que a mente, vai relaxando aos poucos, e pelo fato de muitos de nós dormir mal, esse é um fator que colaborara bastante.

Dormir é uma delícia. Imagino que, talvez, o risco mais comum que corremos é ‘dormir’ em locais inapropriados como, locais públicos. É comum você andar com um livro na bolsa, e ler para passar o tempo, só que enquanto isso acontece, pode ser que você der uma relaxada. O risco é acordar com aquela cara vermelha, onde as pessoas olham pra você ficam rindo.

Ler dá sono!..

Ler dá sono porque aos poucos vamos acumulando adenosina, e quando há o acúmulo dela, tem-se a necessidade dos cochichos, o que justifica inclusive, dormir em locais inapropriados, como citado logo acima No texto.

No caso da leitura isso acontece com frequência. Cada pessoa tem uma forma específica de relaxar os músculos. No meu caso, a leitura ajuda muito, porque não adianta lavar o rosto, nem tomar café. Quando eu presto atenção, o sono está com um sorrisão daquele tamanho dizendo: ” vamos!”. Vou!.. e os próximos capítulos vão ficando pra depois. A diferença de quando se dorme é que a leitura pode ser melhor aproveitada.

Se isso acontece com você, aproveite para relaxar e tomar o prazer da leitura quando estiver totalmente revitalizado.

Boa leitura!..

Marii Freire Pereira

Imagem: guiirossin.com

Santarém, Pá 14 de Julho de 2020

Publicado por VEM comigo!

Bacharel em direito, cursando Pós-graduação em Direito Penal e Processo Penal.

7 comentários em “Livros

  1. Oi Marii, pois é, também durmo, mas quando os livros são chatos. Lembro uma vez que resolvi estudar Biologia, precisava, e acordei de manhã com o livro no chão. Quando me encontrei com o professor da disciplina contei pra ele, ele não gostou, mas acabou rindo comigo.
    Quando eu gosto de um livro vou até sentir a vista cansada, quando não dá mais para ler e o sono bate, aí paro e vou dormir, mas já peguei outros livros muito chatos e que ficaram pelo caminho. Tenho histórias que não deu para terminar, seja física ou digital.
    E tem livros que ficaram em lista de abandonados por mais de dois anos, este é o e-book Orgulho e Preconceito. Chato demais, mas aos trancos e barrancos consegui chegar ao fim, continuei de onde parei, porque não dava para recomeçar de jeito nenhum.

    Curtido por 1 pessoa

      1. Fico olhando para os livros, mas não abro nenhum. Um tem que sair esse mês, desde Dez/2015, que eu não falho um mês sequer, mas cada mês que passa diminuo o meu desejo por ler um livro.

        Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: