Tom Jobim

Quando eu vou cantar, você não deixa

E sempre vêm a mesma queixa

Diz que eu desafino,que eu não sei cantar

Vocêé tão bonita

Mas tanta beleza também pode se acabar

Se você disser que eu desafino, amor

Saiba que isto em mim provoca imensa dor

Só privilegiados têm o ouvido igual ao seu

Eu possuo apenas o que Deus me deu

Se você insistir em classificar

Meu comportamento de snti- musical

Eu mesmo mentindo devo argumentar

Que isto é Bossa Nova, isto é muito natural

P que você não sabe nem sequer pressente

É que os desafinafos também tem coração

Fotografei você na minha Rolley- Flex

Revelou -se a sua enorme ingratidão

Só não poderá falar assim do meu amor

Este é o maior que você pode encontrar

Você com a sua música esqueceu o principal

Que no peito dos desafinados

No fundo do peito bate calado

Que no peito dos desafinados também bate um coração.

Tom Jobim. Desafinado

Compositores:Newton Mendonça e Tom Jobim

https://m.letras.mus.br

Marii Freire Pereira

VEM comigo!

Imagem: Pinterest. Fathi

Santarém, Pá 8 de junho de 2020

Publicado por VEM comigo!

Bacharel em direito, cursando Pós-graduação em Direito Penal e Processo Penal.

2 comentários em “Tom Jobim

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: