Erros: cuidado para que estes, não se tornem hábitos

É comum que as pessoas errem. Errar, definitivamente é uma característica humana. Agora, é bom tomar cuido para que não faça disso um hábito. Há pessoas tão acostumadas a fazer esse tipo de coisa que nem percebem o mal que proporciona as outras. Às vezes, há erros que os cometemos sem querer, como por exemplo, falar coisas quando estamos com um estado emocional alterado. Agir assim é quase sempre machucar quem não merece.

Algumas pessoas, elas conseguem controlar as suas emoções na hora de falar, ou seja, ela é capaz de refletir o seu ato antes de cometê-lo. Elas não só pensam, como se colocam no lugar do outro, e imaginando que aquilo não é bom, elas recuam. Agora outras não, simplesmente parecem com um samurai.

[…]

É difícil lidar com pessoas descontroladas, porque [ ainda], que você faça tudo para passar a sensação de segurança, ela nunca se sentirá capaz de reconhecer o seu gesto de nobreza. Diante da fúria, ela ataca. São pessoas que agem conforme o emocional. Qualquer coisa é motivo para guerra.

Nós seres humanos, somos movidos pela emoção, mas também pela razão. É interessante analisar que por mais descontrole que se tenha, é possível melhorar. A gente só tem que analisar a frequência com que isso acontece. Se acontece de modo repetitivo, é bom procurar ajuda, para compreender o porquê de agir assim tantas vezes. Em algum momento, é preciso refletir. Ninguém tem a obrigação de aturar o mau humor do outro sempre que ele não se sentir bem. Todos nós temos problemas, mas é preciso melhorar. Errar é humano, mas precisamos procurar viver esse processo de lapidação todos os dias. Saber manter o controle é essencial para o sucesso de qualquer relação, seja pessoal, seja profissional. O interesse é saber lidar com os nossos conflitos pessoais. Se soubermos lidar com essa questão direitinho, certamente poderemos respeitar não só a nós, mas também as outras pessoas.

Marii Freire Pereira

Imagem: Veja. Abril.com.br

Santarém, Pá 4 de junho de 2020

Publicado por VEM comigo!

Bacharel em direito, cursando Pós-graduação em Direito Penal e Processo Penal.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: