Silêncio interior

O silêncio interior é aquilo que surge a partir do abandono, da recusa de querer buscar subterfúgios no mundo real, esse em que vivemos, aonde tudo para aparecer precisar chamar a atenção de alguma forma. São as nuances! De moto geral, elas existem para ser provocativas. Claro, a idéia é ” prender-nos” de alguma forma. Às vezes, ficamos tão fascinados com as cores, com os formatos que parecemos crianças em parques de diversão. Você nota que a criança naturalmente, ela é dada a tudo que é colorido. Assim, nos como “crianças crescidas” que somos, também nos perdemos de vez em quando. Imagino que o problema maior, não seja nos perder, e sim, ter a capacidade de voltar.

[…]

Viver é isso, um singelo convite a distração. Mas, o problema é essa forma de “caminhar “. Nós caminhamos muito para fora. É tudo feito com muita pressa. Há situações que por causa do encanto que ela provoca, mexendo com as nossas emoções, costumamos dá passos largos, na ânsia de nos apressar e aproveitar o melhor da festa. E olha, que há quem aproveite de verdade esses momentos, quem saiba usufruir com destrezatodas as pequenas oportunidades que a vida nos apresenta vez por outra. O problema é quando se percebe que há uma censura, e quando a vida perde o sentido, melhor, alegria fica escondida pelos cantos. Sabe pó? É pó que se acumula no interior da casa? Assim ficamos nós, com uma tristeza a qual, não sabemos definir. O que fazer em momentos assim?

Há quem passe longos períodos buscando compreender a razão de se perder dentro desse grande labirinto que somos nós. Gente que briga no raso de si, só porque não consegue negociar o mínimo possível, não sabe ceder, e prefere travar uma luta com o seu interior do que ser ponder diante de coisas simples.

É o ser humano vivendo a dinâmica da vida de modo desajustado. Lembra da comparação que fiz logo no inicio do texto, onde, de uma maneira metafórica, cheguei a comparar a vida ao parque de diversão? Muito bem, depois de muito ter andado e claro, se divertido, é hora de voltar a vida normal. É tempo de volta para casa, é tempo de voltar para si novamente

[…]

É tempo de abandonar todas as coisas que outrora prenderam a sua atenção. É o momento de cuidar do interior. É nele que terás que caminhar tudo novamente. Vai aprender a andar na trilha que o conduzirá ao encontro mais importante da sua vida, ” você com você mesmo”, vai reavaliar o que tem importância para permanecer, para compor a bagagem ou não.

[…]

O peso de tudo aquilo que carregamos conta muito para sabermos ligar com os obstáculos que vierem pela frente, portanto, tenha atenção redobrada, e fique atento porque o que pesa para dentro , também pesa para fora! É bom estarmos preparados para saber lidar com os desafios.

Aprenda a lidar melhor com os seus próprios limites e, saiba que a vida é sim, esse grande parque de diversão, mas brinque com cautela, tomando como exemplo toda a experiências de menino (a), que há aí dentro de você. Saiba que quando a diversão acaba, é o momento de cair em si! Portanto, cuide melhor de você. Aprenda que a melhor diversão acontece dentro de nós. O barulho só faz sentido para quem o sente, ou seja, você.

Marii Freire Pereira ( VEM comigo!)

Imagem pública

Santarém, Pá 26 de março de 2020

Publicado por VEM comigo!

Bacharel em direito, cursando Pós-graduação em Direito Penal e Processo Penal.

2 comentários em “Silêncio interior

    1. Aprendemos muito ao caminhar para dentro de nós mesmos, do que ao caminhar pelos caminhos físicos. Claro, as duas formas são válidas, mas o que quero dizer é que observar o ‘silêncio interior’ é o que de fato, nos torna aptos para caminhar com segurança aqui fora.

      Um abraço fraternal!

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: