Apego

Apego é a raiz do sofrimento? Para muitas pessoas, sim. Quando se fala em apego, estamos falando dessa construção bonita que nasce espontaneamente entre as pessoas por exemplo, entre mãe e filho, entre os casais apaixonados,entre pessoas que se identificar da mesma forma.

O que é apego?

Apego, é um cuidado especial e excessivo que se tem pelas pessoas que amamos. Ele nasce a partir do encanto, da docilidade que a outra pessoa nos desperta.

O apego, vem do afeto. É somente através deste que, se pode estabelecer qualquer relação. Entre mãe filho, é a coisa mais comum que existe, por exemplo. Agora, há quem questione a questão do apego. Tem que diga que sem ele, vivemos melhor, ou seja, com menos sofrimento.

Para algumas pessoas, o apego é uma fonte de sofrimento. Ora, deve ser por isso que tem-se tantas relações e pouco comprometimento. Quer compreender o porquê? Porque o apego é uma espécie de construção afetuosa. É por isso que quando duas pessoas estão juntas desfrutando dos mesmos sonhos, objetivos e ideias, dar-se o nome de relação. A relação sempre é construída a dois, porque do contrário, seria um monólogo, ou seja, ‘ eu e eu’ mesmo (a). Algumas pessoas ao se relacionar com alguém, elas estabelecem uma espécie de limite, ou seja, o não comprometimento. Não querem se ferir, não querem ter apego. Elas uma espécie de diversão, por isso, optam por não querer se envolver. Vamos estabelecer slgo aqui? a palavra certa para isso é, ‘ não querem ter responsabilidade ‘ dentro da relação. Tem quem queira, não sei se é pelo desespero, ou medo de ficar só que aceitam qualquer situação. E aí, tem-se ‘dores’ de todos os formatos, dói tudo, menos a própria consciência

[…]

A maioria das relações, no caso, relações saudáveis, elas nascem daquilo que costuma-se chamar de identidade. Identidade tem um conceito longo, porém há um parâmetro que ajudar compreender melhor essa construção daquilo que é possível identificar como comum entre duas pessoa, fazendo com que haja uma certa afinidade, e assim, tornando possível estabelecer uma relação. Dentre o que possível identificar, há o amor, o respeito, o carinho e afeto com a outra pessoa, ou seja são pressupostos que servem para estabelecer de uma relação de forma consciente e responsávelcom o outro. Ô que não é possível identificar nas relações sem apego.

É sempre interessante identificar no primeiro momento, com a pessoa com quem tem-se a pretensão de viver uma relação, se é possível estabelecer ess3s requisitos para não ter surpresas desagradáveis mais adiante, porque no início, é tudo muito bom, é fase de quanfo se está conhecendo a outra pessoa. Mas cuidado para não ter pensamentos distorcidos é abdicar de coisas especiais que lhe pertencem em prol de quem tem pouco a oferecer. A maioria das pessoas se decepciona por conta de pequenos detalhes que no meio dessa confusão entre desejo e realidade, acabam criando uma falsa imagem de quem amam e no final, têm o desamor. Portanto, cautela. O amor é bom, mas quando vem com certezas, quando corresponde aquilo que você doa.

Marii Freire Pereira

Imagem: Google.com/ Caio F.Abreu

Santarém, 22 de março de 2020

Publicado por VEM comigo!

Bacharel em direito, cursando Pós-graduação em Direito Penal e Processo Penal.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: