Tempo

” O tempo é compositor de destinos”.

Dizem que a medida em que nos tornamos sábios, vamos ficando cada vez mais triste, porque a medida em que passamos a sentir os dissabores da vida, perdemos o tesão por tudo. É verdade. De repente, a “candura passa a não mais existir”.

A priori, a impressão que se tem é a de que corremos atrás do vento… ‘corremos nos caminhos das incertezas’.

“Tudo se desfaz…”

Quando a vida se mostra exatamente como ela é, com a crueza que esvazia todas as esperanças, o ser humano vai definhando lentamente, chegando a engolir como água as gotas amargas do próprio suor. ‘O chão’ que era o motivo pelo qual ele lutava, escorrega, desaparece dos pés, some… completamente. Menos a escuridão, essa é a guia dos cegos. Simplesmente, deixa -se de viver.

” Quando se perde a capacidade de acreditar na vida, perde -se tudo” .

Viktor Frankl.

Como é que a gente sabe que um ser humano perde o gosto pela vida? É quando ele deixa de viver, literalmente. Quando tudo se torna insuportável. É quando o tempo não trabalha ao seu favor

[…]

Minha gente, passar pelos desconfortos da vida sem fazer barulho não é fácil. A alma sente, e as entranhas explodem (…)

Deve ser por isso que, muita gente chega ao ponto máximo de desespero, por não conseguir atravessar esse vale. E note que é até comum, muitas pessoas chegarem para nós e diz: ” ah, você sumiu!”. Sumiu?! Não, é momento de responder: ” você é que não tem andado pelos mesmos caminhos aos quais tenho percorrido…”. É o momento em que você não reza e deixa até de segurar na mão de Deus, porque tudo é escuridão (…)

Complexidade

Dizem que o tempo é o melhor remédio para os nossos males. Ledo engano! O tempo não é esse remédio para tudo, como muitos costimam dizer, pelo contrário, há muitas histórias que são interrompidas por conta da covardia de muitos. Histórias lindas que poderiam ter um final promissor, mas assim como, um rio têm o seu percurso desviado, essas histórias morrerem por deixar de existir dentro de seus próprios contextos.

As realidades humanas são surpreendentes, porque todas, ou a maioria são compostas por amarras, aonde um morre para fazer com que o outro tenha a oportunidade de conhecer os deleites da vida.

Como diz Caetano: Tempo Tempo Tempo Tempo.. .”

“És um senhor tão bonito

Vou te fazer um pedido…”

Aprenda a romper o sol […], e isso vale não só para os domingos, mas todos os dias, seja leve como uma pluma. Conserte os estragos da alma, o ‘invisível’ e aprenda a contemplar as delícias no seu silêncio.

Tempo Tempo Tempo Tempo!

Imagem via: Facebook

Texto publicado por: VEM comigo!

Marii Freire Pereira

Santarém, Pá 3 de março de 2020

Publicado por VEM comigo!

Bacharel em direito, cursando Pós-graduação em Direito Penal e Processo Penal.

2 comentários em “Tempo

  1. Vivamos os instantes e construamos nossa História…Pitadas de Sabedoria ,de Amor,de Consciência e Empatia nos fazem melhores…E viva a impermanência!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: