Para Além da Curva da Estrada

Para Além da Curva da Estrada

Talvez tenha um poço, e talvez um castelo,

E talvez apenas a continuação da estrada.

Não sei nem pergunto.

Enquanto vou na estrada antes da Curva,

Porque não posso ver senão a estrada antes da curva.

De nada me serviria estar olhando para o lado

E para aquilo que não vejo.

Importemo-nos apenas com o lugar onde estamos.

Há beleza bastante em estar aqui e não noutra parte qualquer.

….

Alberto Caeiro ( Fernanda Amado Pessoa),

in ” Poemas Inconjuntos”.

Imagem ( facebook)

Marii Freire Pereira.

Publicado por VEM comigo!

Bacharel em direito, cursando Pós-graduação em Direito Penal e Processo Penal.

2 comentários em “Para Além da Curva da Estrada

  1. Costumava cantar uma música na igreja,na década de 1980,sob a égide da Teologia da Libertação: Caminheiro,vc sabe,não existe o caminho…passo a passo,pouco a pouco,o caminho se faz…

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: