Uma criatura dócil: Dostoiévski

[…] Uma mulher que ama, ora,

Uma mulher que ama endeusa até mesmo os vícios, até mesmo os crimes do ser amado. […]

A observação faz referência a Cena do filme Madame Bovary.

Na verdade, é uma adaptação da obra de Gustave Flaubert. Onde denuncia a situação de submissão da mulher do século XIX, bem como todas as consequências negativas que advém dessa submissão, o que leva essas mulheres a uma situação que vai desde, a questão da humilhação a morte.

. Eu venho fazendo algumas introduções acerca de determinados temas, para que vocês possa ter um esclarecimento melhor sobre o que costumo publicar . Geralmente, quando publico o trabalho de um determinado autor, antes de fazer isso, dou uma breve pincelada para que vocês tenha idéia do que estou expondo.

Aqui, já entramos mais na parte ligada ao Realismo, onde há uma preocupação em retratar os traços observados no mundo real.

Imagem feita por mim, em referência ao Livro de Literatura brasileira. Ano : 2013, da Atual Editora.

Marii Freire Pereira.

Publicado por VEM comigo!

Bacharel em direito, cursando Pós-graduação em Direito Penal e Processo Penal.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: