Quando o passado não passa

Cultivar uma saudade é sempre bom, aliás, toda saudade é benéfica , pois significa que existe um carinho incompleto. Lembrar de acontecimentos ou mesmo pessoas que amamos, mas que por algum motivo tiveram que cumprir o seu destino longe de nós, é uma tarefa, dolorida, porém aceitável. O maior desconforto talvez não esteja na falta, ausência que as lembranças causam, e sim, em relação ao lugar que nunca consegue ser preenchido por não haver algo/ alguém de igual valor capaz de recompor aquele espaço.

E quando esse passado, é na verdade uma janela ao engano? Quando ele é um logradouro de tristezas? Quando ele está cheio de estímulos estressantes? Lágrimas intermináveis? O que se pode tirar como lição? A primeira coisa a se deixar de fazer é parar de ficar remoendo situações, alimentando lembranças traumáticas, pensamentos que já não levam a lugar nenhum. É difícil? muito. Mas, para deixar de tocar nessas feridas, é preciso compreender que o passado deve ficar no lugar dele. Nada pode ser modificado diante do passado, a não ser a nossa maneira de vermos as coisas, as novas possibilidades que servem de” portas de encontro…”, entre o novo e o velho que se cumprimentam, onde um fica e o outro segue (…)

Na vida, os erros só devem fazer sentido quando for para olharmos adiante. O erro deve ser um ponto de partida, nunca de chegada. Errou, tente fazer as pazes com o seu interior. É um momento de reclusão, de avaliar o que virou bagunça. Procure reeditar o pensamento para que ele lhe seja favorável, fazendo com que você encontre motivos para voltar acreditar na vida.

O importante é olhar em direção ao novo, ou seja, aquilo que deseja alcançar. O passado é um lugar que deve ficar guardado os restos de tudo aquilo que não prosperou em relação a nossa vida, Planos, desejos não realizados, etc. Em suma, o caos. Diante de tudo posto a limpo, Procure mente e o equilíbrio, mantendoo devido respeito por tudo o que já não faz nenhum sentido em sua vida, e procure prosseguir sem enganos.

Veja quantas possibilidades você tem pela frente. Recomece, reinicie…

Você pode, é capaz!…

Imagem pública

Texto: Marii Freire

Publicado por VEM comigo!

Bacharel em direito, cursando Pós-graduação em Direito Penal e Processo Penal.

2 comentários em “Quando o passado não passa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: