Somos aquilo que amamos

Somos a essência da essência

Pensamentos despidos,

Poesia pensada

Pôr do sol no final de tarde.

Somos casa que hospeda bons sentimentos,

Saudade que trás lembranças raras […]

O ser humano é essa coisa que ele inventa, e entrega ao outro na busca de ser acolhido, de ser recepcionado num tempo de delicadeza. Quisera um modo de pagar todas as nossas dores de maneira menos dolorida. Quisera muitos de nós [ainda], ter o colo de nossas mães como lugar de maior valor a sermos acolhidos quando precisássemos. Quando os excessos da vida surgem sufocando a nossa alma. Mas, não. As vezes, a nossa alma vive a desventura de conhecer ‘ oceanos áridos ‘, e é nesse momento, no máximo daquilo que a vida nos exige – que rasgar-se o coração ofendido e oferece aquilo que temos de melhor: a essência, a paz que carregamos na alma.

Se valorizo

Se dou amor

[Mais amor eu tenho]

Não adianta aspereza, temos que sair da clausura do nosso ser, e inclinar-se ao novo. Claro, acreditando em nossa força, no traje que vestimos por dentro, e mostrando o que temos de melhor em nós, um coração receptivo.

Precisamos ser fortes,

Precisamos ser mais humanos …

…para alcançar com generosidade a beleza da vida, daquilo que é simples, porém…encanta.

Criação e texto: Marii Freire Pereira

Publicado por VEM comigo!

Bacharela em direito, Pós graduada em Direito Penal e Processo Penal.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: