Coragem é o resultado final de todos seus limites.

Só após passar por todas as dificuldades e encará-las de frente, é que você pode dar-se ao luxo de dizer: EU POSSO.

…CONSEGO.

Não pense que é fácil. Os desertos servem exatamente para isto, para o preparo. Para mostrar que limite é algo que você tem que superar.

O caminho é longo!..

… É longo e precioso, porque [apesar], de da areia escaldante, do cansaço e da vontade de desistir, o prazer de chegar ao outro lado e conhecer o que nos aguardar é o combustível principal que impulsiona, que nos empurra para frente, fazendo com que se queira caminhar….sempre. É o novo, é o desconhecido que se tem a desvendar. E, entenda uma coisa, a cada passo, as suas pegadas ficam na areia, elas te dizem que ali, tem uma imensidão de sacrifícios, ” muito chão empurrado”, mas que você, não desistiu de si. É no limite que descobrimos e redescobrimos o nosso pontencial, a nossa força. Não é?

Se existem sonhos e é claro- todos nós temos uma porção deles, construa pontes, principalmente imaginárias… são essas que nos causam uma verdadeira inquietação. Não pare no tempo, comece devagar, o importante é caminhar. Ouse deixar as suas marcas, queira avançar em suas conquistas. Um passo de cada vez, e quando olhar para trás, vai compreender a importância de acreditar na sua capacidade.

Ei, não desista só porque está difícil. A vida é assim, ela quase sempre cobra muito de quem precisa cobrar. Lógico, tem aqueles que não precisam se esforçar tanto. ” Cá pra nós, parece que já nasceram com a lua dentro do c*, ui!..

Todavia, quando não temos a mesma sorte, vale cada lágrima mesmo, viu!?

Hoje não deu, amanhã continue. O importante é a construção do caminho […]

…ele só existem quando você passa!

” Não deixe a areia cristalizar os seus sonhos”, ande…caminhe, vá…

Se vire, mas chegue em algum lugar…

Não diga que não consegue, nem se pergunte o porquê de estar ali, pergunte-se como atravessar, quais recursos você consegue usar, ‘conciliar’ do resto que lhe sobrou. Que bagunça, hein? Se a vida muito tirou de você, ótimo. Diga a ela, se prepare porque eu não te darei trégua. Éh!… é você quem gerencia isso tudo.

Coragem, como definir essa palavra? Um autor maravilhoso da nossa literatura brasileira, chamado Guimarães Rosa, afirma que a vida só pede de cada um de nós ” coragem”. É, sem dúvida a coisa mais verdadeira que alguém já pensou e escreveu. É simplesmente fantástico. Todos nós precisamos lutar para no fundo nos tornarmos dignos de nossas conquistas. Agora, de um jeito grotesco diria que a coragem que o Guimarães também se refere, pode ser interpretada como: a junção da nossa força/limites e o resultado final de tudo isso….”escolhas”.

Eu escolhi lutar, você decidiu o que?

Imagino que para chegar do outro lado, renunciamos mil vezes a nossa vitória por causa do medo. Este, definitivamente nos deixa paralisado. Mas, vou além, digo novamente…[até sabermos que somos nós que mandamos nos nossos limites e não eles em nós. ]. Então, não precisa ter medo, vá…

Queira, ouse…CONSIGA!

Marii Freire Pereira.

Publicado por VEM comigo!

Bacharela em direito, Pós- graduada em Direito Penal e Processo Penal.

%d blogueiros gostam disto: