Torne-se uma versão melhorada de si mesmo

As vezes erramos na vida, no amor, na amizade, nos relacionamentos de maneira geral, por fazer uma idéia contrária daquilo que somos. Nada como fazer uma leitura correta sobre os nossos defeitos, nossas dependências , carências afetivas, o que é (pior de tudo), é a carência. “Pessoas insegurança emocionalmente vivem o tempo todo fazendo cobranças…”Continuar lendo “Torne-se uma versão melhorada de si mesmo”

Vou-me embora pra Pasárgada

Vou-me embora pra Pasárgada Lá sou amigo do rei Lá tenho a mulher que eu quero Na cama que escolherei Vou-me embora pra Pasárgada Vou-me embora pra Pasárgada Aqui eu não sou feliz Lá a existência é uma aventura De tal modo inconsequente Que Joana a Louça de Espada Rainha e falsa demente Vem aContinuar lendo “Vou-me embora pra Pasárgada”

Manuel Bandeira e o Modernismo

Vamos falar de coisa boa? Falar de Manuel Bandeira e a sua contribuição a literatura do final do século XIX!? Bem, as contribuições de Bandeira foram decisivas a solidificação da poesia modernista, com destaque a língua coloquial e toda a sua irreverência criadora. O trabalho de Bandeira também proporciona uma reflexão filosófica a respeito daContinuar lendo “Manuel Bandeira e o Modernismo”

Para o meu coração

Para meu coração basta teu peito Para tua liberdade bastam minhas asas. Desde minha boca chegará até o céu O que estava dormindo sobre tua cama (…) Acolhedora como um velho caminho. Te povoa ecos e vozes nostalgicas. eu despertei e as vezes emigram e fogem pássaros que dormiam entre tua alma. Neruda. https:/www.pensador.com.br MariiContinuar lendo “Para o meu coração”

Há momentos na vida em que precisamos só de nós

Há momentos na vida em que precisamos só de nós. Por mais que se tenha amigos, parentes, amor. É bom ficar a sós consigo mesmo. É quando você chega diante do espelho e observa aquela imagem refletida e passa a conversa com a pessoa jovem em que você foi um dia. Não se trata deContinuar lendo “Há momentos na vida em que precisamos só de nós”

O valor é imprescindível

O que acho bonito no outro é a maneira de como ele nos cativa. As vezes, não precisa de muito, um pequeno gesto talvez já é o suficiente para nos sentirmos atraídos. É claro que no primeiro momento, acabamos sendo favorecidos por tudo aquilo que vemos, ou seja aparência. Mas, tem pessoas que por maisContinuar lendo “O valor é imprescindível”