Manuel Bandeira

Ser como um rio que deflui

Silencioso dentro da noite.

Não temer as trevas da noite.

Se há estrelas nos céus, refleti-las.

E se os ceus se pejam de nuvens,

Como o rio as nuvens são água

Refleti-las também sem mágoa

Nas profundidades tranquilas.

Manuel Bandeira. O Rio

Pensador.com

https://pensamentos.me/ VEM comigo!

Imagem (Arquivo pessoal)

Santarém, Pá 4 de março de 2021

Publicado por VEM comigo!

Bacharela em direito, Pós graduada em Direito Penal e Processo Penal.

2 comentários em “Manuel Bandeira

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: