Por que descobrir uma traição é sempre tão dolorido?

Vou começar esse texto pedindo para você imaginar o seu quarto em dois momentos: o primeiro, arrumado e o segundo, uma bagunça por onde você não sabe, onde é o começo e o fim. Imaginou?

A traição ocorre de diferentes, maneiras. Eu traio, você trai, e no final, todos traem. Mas, deixa eu organizar essa questão para você. Eu traio quando não sou íntegra com as minhas atitudes, quando dou desculpas que machucam a outra pessoa. Você também trai quando deixa de ser sincero, quando diz que estava ocupado o tempo inteiro, quando é rude, altera o tom de voz, e também por uma série de questões que se tivesse sido reto, ou seja, deixado as desculpas de lado, não teria aberto oportunidades para viver outras histórias.

Há reticências que se você colocar aqui, de fato, nunca terá fim. O que estou dizendo a você é que, quem trai, geralmente diminui a necessidade de se fazer presente na vida do outro, ou seja, vai arrumar qualquer desculpa para justificar, veja bem ” justificar “, se for pego. Pois, do contrário, quem trai, não sente culpa por trair. O sentimento de culpa, de reprovação só chega a partir do momento em que os efeitos do pacto de lealdade entre duas pessoas é rompido, e descoberto, porque caso não seja, a pessoa vai continuar traindo.

A iniciativa para falar a respeito da traição quase nunca é de quem trai, mas de quem foi traído. Quem escolhe esclarecer ou tentar entender o que levou a ” bagunça “, a desestrutura de toda a situação, é justamente a pessoa que vive o conflito. Ela vai se voltar contra o parceiro ou a parceria, que também no caso, pode ser uma mulher com palavras lacrimosas, fala mil coisas que nem sempre a outra pessoa , terá paciência para ouvir. Mas, tudo na tentaviva de fazer voltar o momento anterior, u seja, quando se imagina ser feliz.

Quem vive a experiência de ser traído, têm muitos conflitos internos. A pessoa passa imaginar coisas, na verdade, ter alucinações, fazer comparações com a atual do parceiro, para tentar compreender o porquê de ter sido trocada.

É bom que se esclareça que nem sempre os motivos de uma traição é da pessoa que foi trocada. Mas, do homem. Existem inúmeras justificativas que preenche a necessidade do companheiro ou companheira fazer esse tipo de coisa. Todavia, a maior delas seja uma falha no caráter.

Com o término da relação por conta de uma suposta traição, ao passar um tempo, o casal quer reatar a relação. No início, vem as súplicas, devido o estado de melancolia, acompanhado aos pedidos de desculpas. Mas, a verdade é que a maior parte dessas histórias, elas não duram muito tempo novamente. Se o seu parceiro trai você, é muito provável que ele faça disso um hábito. Tem quem melhore, quem procure se corrigir. Inclusive, sendo mais atencioso, paciente. Mas, se ele o homem, ficar confuso. Entenda o seguinte: não existe homem confuso. Todo homem sabe exatamente o que quer. Às vezes, a confusão é só o intervalo de tempo que ele precisar para experimentar a outra.

Em muitos casos, não adianta, não há remédio que der jeito. Para você se encontrar novamente, ser capaz de organizar a bagunça na qual ficou perdida, têm que deixar ir

[…]

Quem te quer de verdade, irá sempre arrumar uma maneira de ficar. Mas, ficar pra valer. Ser aquela pessoa que em cinco minutos, arrumar tempo para você. Ser companheiro, atento as suas necessidades, de querer dividir a vida, as coisas boas e até as ruins, só para mostrar que está sendo sincero, limpo entre vocês.

É certo, porém, que a pessoa que nos ama, ela não dará espaço para outra entrar. Pode ser a mulher, o homem mais atraente, a pessoa não vai trocar os momentos de felicidade, de interação entre o casal, de brincar, pecar no colo e fazer carinho por qualquer coisa. Na verdade, sabemos que os casais que mais interagem, que estão juntos grande parte do tempo, são aqueles que eles renunciam outros prazeres. Não é que não tenham problemas, têm. Mas, não fazem disso um justificativa para não estarem juntos.

É importante ressaltar que, não existe casal perfeito, ou mesmo uma relação que não tenha problema. Têm, a maioria ao atravessar as dificuldades, eles costumam querer ser mais justos um com o outro. Nessa fase sim, se nota que a relação amadureceu, e aí de coração puro e com veemência se recusa a trocar o certo pelo duvidoso, ou seja, quem você ama, por alguém que você quer por alguns segundos.

Um relacionamento que você nota que duas pessoas olham ‘olho no olho’, ele tem grandes chances de vencer as suas próprias ruínas. A verdade é que no amor, a gente só aprende amando. Portanto, quando tiveres um sentimento correspondido, ame verdadeiramente, ame.

Marii Freire Pereira

https://pensamentos.me/ VEM comigo!

Imagem: Pinterest. Wattpad

Santarém, Pá 15 de dezembro de 2020

Publicado por VEM comigo!

Bacharela em direito, Pós graduada em Direito Penal e Processo Penal.

4 comentários em “Por que descobrir uma traição é sempre tão dolorido?

  1. É difícil esquecer, e passa-se a controlar até a sombra. Há uma quebra muito grande de confiança. Penso que ainda é algo mais do masculino.
    Puxando ao tema do seu post anterior, tb pode acontecer em casais do mesmo sexo.

    Curtido por 1 pessoa

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: