Neruda

Em teu abraço eu abraço o que existe

A areia, o tempo, a árvore da chuva

E tudo vive para que eu viva:

Sem ir tão longe posso vê-lo todo:

veio em tua vida todo o vivente.

Imagem: Google. com/ abraços

Marii Freire Pereira.

Publicado por VEM comigo!

Bacharela em direito, Pós- graduada em Direito Penal e Processo Penal.

4 comentários em “Neruda

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: